Subscribe to RSS feeds

domingo, 1 de agosto de 2010

Você também não sabia...


Na minha ultima viagem pela Alemanha, me deparei com algumas novidades, que até então eu ainda não tinha visto aqui na Irlanda, e eu não sei dizer se algumas delas, são comuns em países europeus. Na Alemanha é muito comum você comprar suas bebidas (vidro, casco ou pet) pagar uma pequena tarifa, que está embutida no preço da bebida, e se você devolver o recipiente, em local apropriado, recebe o dinheiro de volta. Achei muito bom, por causa do meio ambiente e assim, não acumulamos vidro, ou plásitco em casa. Tá, no Brasil é assim, mas vc não é informado, através do cupom do supermercado, por exemplo que está pagando uma % pelo recipiente. E não é que eu vi várias pessoas com carrinhos de supermercados cheios de vasilhames, querendo receber o dinheiro de volta, que é emitido em uma máquina que reembolsa o dinheiro cobrado, na hora.


Consumidores devolvendo os vasilhames


Outra coisa interessante, foram esses balcões que ficam dentro do supermercado, e vc após fazer suas compras, pagar, já pode se desfazer do lixo (caixas de papelão, embalagens) se preferir levar apenas o produto para casa. A reciclagem já é feita ali mesmo, pelos próprios consumidores.


Andresa, minha modelo colorida...reciclando.



Essa outra, não é uma idéia mirabolante, mas achei simpática e de muito bom gosto. Sabe aquela hora que vc vai correndo às compras, para presentear alguém, e lembra que em casa não tem nada para embrulhar, de ultima hora, por exemplo...essa loja que visitamos em Chemnitz, ja disponibiliza, logo depois de vc pagar pelo produto (presente), papéis coloridos, durex, cola, lacinhos e um local próprio, para vc mesmo efetuar o embrulho, é uma cortesia da loja...civilidade alemã.


pequena idéia, mas eficiente.


Tá...eu bem que tentei entender o real motivo para isso estar dentro de quase todos os banheiros masculinos, em lojas, aeroporto e restaurantes da Alemanha.
Hummmm...pensei povo civilizado...qualquer situação de emergência, prevenção imediata...hahhahahaahahahaha




Máquina de venda automática de preservativos, dentro dos banheiros masculinos...hhahaahahahahaha


Ja essa outra idéia, apesar de não fumar, eu achei fantástica. Imagina vc que fuma, e no meio da madrugada, ou  daquela neve toda te impedindo de sair de casa, te dá  vontade de acender um cigarrinho, e não tem nenhum na carteira. Na frente dos prédios residenciais da Alemanha, existe essa máquina que vende cigarros 24 horas, bastando apenas vc introduzir os numeros da sua carteira de identidade ou passaporte, escolher o ciagarro favorito e pagar...imagina se no Brasil, uma máquina destas,  sobreviveria uma noite inteira sem ser...detonada...hahahahahahaha...coisas de primeiro mundo.


Entrada do apartamento da Andresa, em Chemnitz.

Local que vc coloca sua identidade, para comprovar que não é menor de idade.

do ladinho, vc escolhe as marcas dos cigarros...

Alemanha, show de preocupação com o meio ambiente e civilidade.
O idioma...melhor não comentar...hahahahaahahahahahahahah

5 comentários:

West Coast e Cravo&Canela disse...

Tá meu bem!!! isso é mesmo civilizacao..e pior que depois que vc se acostuma com essas coisas...é fogo!!
Queremos te dar os parabens por essas informacoes, achamos otimo vc divulgar isso...esperamos que vc tenha sempre novidades pra postar aqui!!
Bjocas enormes....fica com Deus
Ps.: A modelo ganha quanto pelas fotos?? hehehehe...um café irlandes??
Bjocas...Desa e Renato

Mr. Lemos disse...

Sprechen sie deutsch? Nein, Ich spreche KEIN deutsc.... ;(

Gostei da recliclagem no mercado. Minha favorita....

Marcela disse...

Exatamente, a Alemanha é um dos países mais civilizados do mundo! Não sei se você observou a ordem deles ao atravessarem as ruas, o respeito aos ciclistas. Agora vendo essas novidades que você contou aqui fico ainda mais admirada!
É isso que me dá preguiça quando penso eu voltar para o Brasil...parabéns pelo blog!

Anônimo disse...

This is an interesting article. Thanks for sharing.

K∂riиє* Smith. disse...

De todos os lugares que visitei, tirando lugar de praia, porque aí não vale, Berlim foi meu favorito.
Devo confessar que fui visitar um amigo que era casado com um alemão, então, como eu tinha tradutor a disposição nem senti dificuldade, foi só alegria!

E pra completar...verdade, eu não sabia...

bjs