Subscribe to RSS feeds

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Descomplicando, o complicado...


Não!!! Eu não fui à Parada Gay de Dublin. Simplesmente...eu não quis ir. Eu não preciso carregar a bandeira apenas quando se trata de uma Parada Gay...eu carrego ela, todos os dias de minha vida!!!
Eu não estava nem ai...e depois que vi os vídeos e as trocentas fotos, nem senti remorso. E a única idéia que me veio à cabeça, foi...eu não perdi nada!.
Eu acho que cada um, resolve a vida da melhor maneira que lhe convém, por isso Deus nos brindou, e cada um deve tomar conta da sua. Eu nunca gostei de Parada Gay, no Brasil só fui uma vez...e detestei.
Preferi optar por trabalhar, e eu tinha a liberdade da escolha, e depois fiquei feliz, porque so confirmou o que eu havia pressentido... não iria acrescentar ...naaaaaaada em minha vida. 
Quantos anos você tem? Quantas vezes já errou, magoou ou foi magoado? Quantas vezes já prometeu, que não iria cometer os mesmos erros e cometeu?
Quantas vezes disse pra si mesmo que aprendeu a  lição e logo ali na frente, comete o deslize novamente. Não importa, a vida consiste em erros e acertos. A vida é simples assim. A gente é que complica. Uma hora você sabe, diz que cometer aquilo é insanidade, mas ta ali na sua cara, pra todo mundo ver...lá vem ele fazendo outra besteira...e a gente tenta descomplicar, e cai de novo. É o chamado, ciclo vicioso e por isso vemos mais pessoas se entregando ao mesmos erros e com medo de errar. As pessoas a meu ver, morrem emocionalmente...passam a ser tolas, inquietas e repetitivas. Isso me cansa. Não participar de um evento, que para muitos é o ápice da glória e do orgulho de ser Gay, não me torna melhor ou pior, do que aqueles, que curtiram o evento. Eu não preciso disso. Eu tenho minha personalidade. Não senti vontade de ir, não fui.
Para mim, simplesmente é um evento comercial, sem fins...que não leva a naaaaaada. A vida de cada um, deve ser vivida conforme suas vontades, suas crenças, e seu caráter. E pensar que tudo começou, quando o espermatozóide encontrou o óvulo, e ele disse sim: a partir de hoje, nasce uma nova vida.
Que cada um tome conta da sua!!!!

6 comentários:

Juliana Reis disse...

Wagner concordo com vc!

quantas vezes cometemos os mesmos erros e sabemos que erramos!
Por um lado acredito que eh importente a gente ser generoso principalmente com a gente mesmo.
abraço e boa semana

Sancha Caroline Mendes disse...

nossaaaaa!! Arrasou! Nós devemos mesmo seguir o que somos e não o que os outros querem que sejamos. Não tem como fugir da sua própria essência, como eu disse no meu blog: "Ser humano é ser mutável, ser abstrato, ser imperfeito". bjus e continue sendo vc mesmo! Pois é desse jeito que vc brilha. bjus xx San Shines

Wagner, DUBLIN disse...

Meninas...obrigado. São pessoas como vcs, que nos incentivam, e nos tornam melhores...a cada dia.

Mr. Lemos disse...

Bela análise. Infelizmente, o mais simples parece ser o mais complicado. É cada vez mais difícil ver cada um cuidando da própria vida. Ainda bem que alguns conseguem. Boa semana, amigo

Nice disse...

Nao tenho nem palavras pra dizer td de bom que li.Vc eh demais amigo,continue assim.Te amo.Bjosss

Karina disse...

"Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua", não é?! Que bom se fosse assim... hehehehehe... Beijão