Subscribe to RSS feeds

domingo, 26 de setembro de 2010

Estou aqui há quase 2 anos, e daí???



No momento cabeça fervilhando em ideias, sobre o assunto deste post. Quando resolvi que eu queria dar uma virada de 180 graus em minha vida, eu não tinha a  menor ideia do que teria pela frente, depois de quase 2 anos em Terras irlandesas, eu ja tenho. Vamos colocar assim, organizando as ideias: vou escrever sobre as minhas impressões, sobre intercâmbio lembrando que eu já sai do Brasil com anos de experiência profissional, com mais de 40 anos, solteiro. É a visão do cabeleireiro, não de um jornalista, porque longe de mim ter essa pretensão.
.
.
E foi por isso que este Blog foi criado, para ser leve e contar de maneira despretenciosa o cotidiano de um jovem quarentão e suas experiências no exterior para ajudar vc intercambista, que acompanhando meu Blog, pode ter uma idéia, do que é largar tudo e todos para trás e se aventurar pela Europa.
 E foi exatamente assim, que tudo começou em novembro de 2008. Existem na internet diversos Blogs de brasileiros, que vieram para cá, em suas diferentes idades, profissões, situações e em busca de seus sonhos e descobertas. Este é o meu ponto de vista, vc leitor, blogueiro pode concordar ou não,com os relatos e causos a seguir.Descobri também que o Irlanda Colorida, serve de link e de cartilha para diversos seguidores "coloridos brasileiros" jovens e maduros, tamanha a quantidade de e-mails que recebo me perguntando, sobre coisas que só a gentchê "entende".
Da mesma maneira, que devem fazê-lo aos blogueiros, que vieram para cá, se casaram com irlandeses (as), tiveram filhos e têm o seu ponto vista relatado em seus respectivos blogs. Na medida do possível, respondo à todos, esclarecendo como é viver aqui e como eu me encontrei na minha profissão trabalhando com outra cultura e com outros métodos de trabalho.
.
.

Ás vezes recebo mensagens de leitores, me desejando melhoras, pela situação que passei em agosto ultimo, sem ao menos nunca ter visto ou conhecido essas pessoas, e que estão pensando em vir para cá ou acabaram de chegar aqui.É muito bom receber este carinho e o Blog me proporciona isto.Esse contato.É claro que não posso deixar de agradecer os brasileiros que estão vivendo aqui, neste mesmo barco, em situações diferentes: solteiros,casados, com ou sem filhos, morando com irlandeses ou com outros brasileiros. Como eu sempre digo: venha para cá, construir a sua estória...a minha está escancarada aqui no Blog.
Me perguntarm outro dia em um e-mail: vc faria tudo de novo? Viria para a Europa novamente estudar e trabalhar e largar tudo no Brasil? Bem, agora que ja passou este tempo, eu posso dizer que: SIM. Mas eu acho que se vc que está pensando em vir para aprender inglês, vc pode fazer isso ai mesmo no Brasil. Faça um bom curso de inglês, se dedique nos estudos, é claro que em uma boa escola de idiomas, vc não precisaria passar por tudo isso longe da familia, dos amigos, do gato,do cachorro, ou da tartaruga de estimação, gastando com certeza muito menos. Já sei: mas... e as experiências de vida, as viagens, as pessoas fantasticas ou nem tanto, que se conhece em um intercãmbio, não vale a pena? Brasileiro bom ou filho da p...tem em todo lugar, aqui e no Brasil.
.

.

Eu não vim aprender inglês aqui, eu vim aperfeiçoar, é bem diferente. Meu principal objetivo está sendo atingido: Viajar, viajar e viajar. Conhecer lugares, que a gente vê nos filmes, e só passa a ter certeza que realmente existem aqui no hemisfério norte, quando se toca na Torre Eifel ou fotografa no Coliseo em Roma, por exemplo. Quando se vive, e mora muito tempo em um mesmo lugar, vc fica imaginando, como é a sensação de ver de perto,  ou sentir o lugar, no momento que conhece um monumento histórico ou  viver em uma cidade, que é 500 anos mais velha que o próprio Brasil, que é o caso de Dublin.

.
.

Então funciona assim: aqui vc vai morar com pessoas que nunca viu na sua vida e tentar ter um bom convívio com elas, porque nem sempre é fácil, ainda mais na idade em que me encontro. Não, eu não sou baladeiro, ao contrário do que muitos pensam, programa divertido para mim no Brasil, era um bom jantar entre amigos, dividir uma vasilha de pipoca vendo um novo filme, ou comentando sobre as situações de trabalho durante a semana, ou um churrasco em sitio ou pesqueiro nos fins de semnaa, ou até memso uma esticadinha até as maravilhosas praias do litoral norte ou um bom domingo em sampa, comprando produtos e novidades para o salão de cabeleireiros no Brasil, ou vendo uma peça famosa de teatro em cartaz, tudo entre amigos...e é disso que eu sinto falta: dos "meus" amigos, aqueles que me conhecem só no olhar, ou brincam dizendo: já sei está semana vc está com "ARGH" de alguém ou de alguma coisa que esta te incomodando...sim eles me conhecem a fundo...não, no sentido sexual...tira este sorriso do rosto já...rrsrssrsrsrsrsrsr.


Tá...eu também sinto falta das baguncinhas de fim de semana, movidas a whisky e vodka e balada gay e final de noite, tudo junto misturado, entre os babados e lençois...Aqui, até isto é diferente. Aqui num tem Motel...rsrsrsrsrsrsrs... tá, sou solteiro, mas não sou puritano. E a cama onde eu durmo, não é para isto. Se eu começar a detalhar o que sinto falta, vai dar um outro post...aliás aguardem em breve, o post: descascando o abacaxi "Irlanda".  

 .
Eu sinto muita falta dos meus amigos, e amigas de trabalho (nusss...bem Silvio Santos) rsrsrsrsrsrsrsr. Sinto falta do convívio profissional e do clima descontráido e alegre de um salão de cabeleireiros brasileiro, porque lá a gente pode falar e rir em um mesmo idioma, porque todo mundo se entende e todo mundo sabe das piadas internas (Bruna), vai tentar explicar e rir de alguma coisa trabalhando com irlandêss ou polonês (impossivel) ...não tem a menor graça, não dá nem para "tirar sarro", porque não tem quem entenda o seu idioma...é um saco...as vezes me pego, em mais de meia hora contando pro Marquinhos ou Pedrinho ( excelentes cabeleireiros) os causos do salão daqui, ao telefone, burlando os olhares de reprovação do manager do salão...ai sim...eu me encontro e me divirto. Mas lembrando, que eu trabalho na minha area, o que não é comum aqui na Irlanda: dado os diversos brasileiros engenheiros, arquitetos e programadores que conheço e estão aqui, trabalhando como cleaner (faxineiros), ou entregando jornais nas ruas de Dublin, sem tirar o mérito de seus valores e de suas profissões.
.


.
Estou perdendo o fio da miada...nossa tô tagarela hoje...rsrsrsrsrsrsrssrr
Nos próximos posts também, vou relatar: das coisas que eu mais gosto e as que eu não gosto, morando aqui na Irlanda, para vc profissional da area saber o que se passa aqui em Dublin, nos salões e na cidade. Tá vai ser um post cheio de reclamações...sim, porque nem tudo são um mar de rosas, morando e vivendo no exterior...eu diria que se viesse apenas para conhecer a Europa, as cidades, e voltasse para o Brasil, eu teria feito mais negócio, porque a saudade do nosso país, é imensa. Das coisas que só eu sei...das coisas que sinto falta...
.

13 comentários:

Lily disse...

Hello,

Gostei do novo visual do seu blog
tenha bom fim de semana :)

K∂riиє* Smith. disse...

Hahahaha
Ow rapaz colorido, como assim "era um dos itens do meu post" pode continuar sendo ué ! Afinal moramos na mesma cidade e carpete no banheiro não é uma descoberta só minha, certo? hahahaha

Doida pra ler seu post!

Feliz 2 anos!

beijo

Wagner, DUBLIN disse...

obrigado Lily...Karine, vc tambem e show...

CSN disse...

Hey, querido, o bacana dos blogs é justamente a liberdade de expressão.
Continua escrevendo do seu jeito, seguindo seu estilo que certamente vai agradar a muita gente.
E parabéns por quase dois anos de intensas experiências Europa a dentro. :)
Beijão.

Wagner, DUBLIN disse...

Csn...vc ainda vai ganhar dos blogueiros dublinenses, o troféu comentarista nota 10...pura simpatia.

Cath disse...

Felicidades! Amei o novo visual.. e que esses dois anos se tornem 10 e mais 10 e assim por diante ou ateh vc se encher daki hahaha. bjuuuuuss

Anônimo disse...

Queridao, adorei o novo visu do blog. E foi delicioso ler seu novo post, senti um wagner diferente, mais leve,sereno...Ok, a impressao pode ter sido errada, mas senti !Seu post me fez pensar muitao, ainda mais q voltei da Europa depois de viver 3 anos...Efetivamente eu estava deixando de valorizar o simples daqui, q nos fazem felizes e com certeza melhores! Amei!

beijos

Mr. Lemos disse...

Parabéns, garanhão!!! Tá todo mundo louco pra ver vc descascando o abacaxi aqui no blog. Não importa sua intenção ao começar a escrever o Irlanda Colorida. O resultado é sempre uma viagem leve e divertida pelo arco iris. Congrats!!

Wagner, DUBLIN disse...

A anônima em questão, é vc não é Adriana...elogio de amiga,não vale...rsssssssssss...Cathy, vc chegou bem perto, e em breve vai perceber que vc acertou em cheio...segredo!!!!...Ai meu irmão Ernani, seu madruga mexicano...valeu, pelo comment.

K∂riиє* Smith. disse...

kd o post sobre as coisas estranhas da irlanda?

Luciana Misura disse...

Wagner, acabei de adicionar o seu blog ao Mundo Pequeno http://www.mundopequeno.com que e um indice de blogs de brasileiros morando no exterior. Beijos!

Marcele disse...

Oi Wagner! Vou pra Irlanda em novembro e o seu blog é um dos que acompanho para aprender e ter noção de como é a vida aí.
=]
Que bom q vc está melhor, te sinto bem mais leve agora, graças a Deus q o susto passou!
=]
Antes de ir gostaria de aproveitar e pedir uma ajudinha..rs Eu uso megahair estilo nó italiano e gostaria de saber se no seu salão ou em outro q vc conheça eles fazem manutenção e qnt custa.

Se puder me ajudar....obrigada e espero te encontrar mes que vem!!rs rs
=]

Wagner, DUBLIN disse...

marcele...no meu salão nós não trabalhamos com nenhum tipo de extenção (mega-hair) eu acredito que nos salões africanso da feirinha, vc deve encontar alguém que faça...obrigado, seja bem-vinda.